Consultre

A importância da convicção da veracidade e do domínio dos fatos para tomada de decisão, com segurança e fundamentação. Curso completo e prático, com dinâmicas e simulação.

Apresentação

Saiba como produzir informação e enxergar o que corresponde ou não à verdade dos fatos. Aprenda a analisar tecnicamente a veracidade do discurso produzido em uma entrevista.

Liberte-se do mito dos sinais corporais e da dinâmica ocular da Programação Neurolinguística. Sinais corporais são apenas bons qualificadores do discurso, mas não sustentam real convicção sobre a veracidade de um relato.

O desenvolvimento vivencial deste curso vai capacitá-lo com técnicas e táticas de imediata instrumentalização e eficácia em suas atividades de condução de um processo administrativo disciplinar, de uma CPI, de um inquérito policial ou de uma audiência judicial.

Você aprenderá a estruturar uma entrevista e a formular questões em cada contexto a fim de produzir informações relevantes, estimular o acesso a memórias, descontaminar o conteúdo produzido, filtrar as reais inconsistências no mesmo e tomar decisões baseadas na verdade dos fatos.

Público-alvo

Comissões de Processo Administrativo Disciplinar – PAD, Assessores Jurídicos, Procuradores, Gestores de Recursos Humanos, Corregedores, Ouvidores, Auditores, Promotores, profissionais da área do direito, demais profissionais que precisam de ferramentas e técnicas de entrevista.

Programação 

1º dia

  • Abordagem dos mitos e verdades na leitura de sinais corporais;
  • A necessária diferenciação entre Entrevista e Interrogatório;
  • Exercício vivencial de entrevista e detecção de mentiras
  • Apresentação das técnicas utilizadas pelo FBI e New Scotland Yard;
  • Táticas que devem ser utilizadas em cada momento da entrevista;
  • Habilidades importantes a um entrevistador para eficácia da entrevista;
  • Aspectos fundamentais da habilidade mais importante: escutar;
  • Como estabelecer o rapport e manter-se no controle da entrevista;
  • Identificação dos reais indicadores de veracidade e não veracidade.
  • Estudo da proxemia e ambiente de entrevista;
  • Os cuidados para a não contaminação da entrevista;
  • Questões bipolares e tratamento de informações irrelevantes;
  • Tecnologias na detecção da mentira (polígrafo, analisadores de voz, …);
  • Fisiognomia básica na análise de veracidade;
  • Gerenciamento desde o primeiro contato visual
    • Sinais corporais
    • Microexpressões
    • Táticas de aproximação
    • Evitando o pré julgamento
  • Análise de sinais corporais contextualizados
    • Em intervalos gerenciados da entrevista
    • Nas demandas de recuperação de memórias
    • No desafio de contradições
    • No confronto com evidências desconhecidas do entrevistado

2º dia

  • Micro expressões fundamentais
    • Identificação e contextualização básicas
    • O sorriso como elemento de análise de veracidade
  • A mentira exposta em confissão velada
  • Exercícios de aplicação
    • Cenas de filmes – análises e brainstorms
    • Vídeos reais – análises e brainstorms
  • Recuperação de memória
    • Fatos verdadeiros x falsas memórias x mentira
    • Técnicas de recuperação de memória
  • Análise da semântica no discurso
    • Voz ativa x voz passiva x mentira
    • Adjetivos, advérbios e locuções x mentira
  • Táticas para detecção de mentira
    • Como iniciar e manter o rapport: Linhas de Raciocínio
    • Como evitar a construção de uma negativa inverídica
  • Planejamento da entrevista para detecção de mentira
    • Objetivos e parâmetros
    • Escolha e ordem dos entrevistados
    • Formulação de questões
      • Questões amigáveis de memória e raciocínio
      • Definição da baseline
      • Questões comportamentais
      • Questões motivacionais
      • Questões de desafio e controle
  • Instrumentalização avançada das técnicas de entrevista
    • Fisiognomia
    • Abstração dos contaminantes naturais
    • Foco nos parâmetros técnicos e táticos
    • O perfil da entrevista é fundamental
    • Táticas e Técnicas Avançadas na análise do discurso
      • Exercícios e dinâmicas de análise do discurso

3º dia

  • Conceitos fundamentais para análise fisiognômica
  • Identificação fisiognômica do temperamento e caráter: baseline
  • Contaminantes fisiognômicos
  • Contaminantes na análise do discurso
  • A otimização da análise em razão de enxergar
    • Análise pessoal – ganhos
    • Análise em Brainstorm – ganhos
  • Conceito técnico de interrogatório: a busca da admissão ou confissão
  • Indispensável diferenciação da entrevista na técnica e objetivos
  • Quando o interrogatório deve ser utilizado
    • Procedimentos prévios de entrevista
    • Definindo o timing para sua maximização
    • Ferramenta de fechamento do processo de entrevista
  • Planejamento do Interrogatório
    • O tempo para o planejamento cuidadoso
    • Reunião e uso estratégico das evidências reais
    • Ordem dos interrogados
    • O correto aproaching de acordo com o perfil do interrogado: testemunha, vítima (cliente) ou suspeito (colaborador ou candidato)
  • Proxemia
    • Características determinantes do local do interrogatório
    • Número de interrogadores
  • As fases de um interrogatório
    • A necessária e adequada contextualização do interrogado
    • Especificidades na demanda da livre narrativa no interrogatório
  • Avaliação comportamental
    • Adição ou supressão de fatos
    • Análise da forma do discurso
    • Análise dos sinais não verbais
  • Gerenciamento de contradições com depoimentos anteriores
  • As questões fechadas
    • Relativas aos fatos conhecidos
    • Relativas aos fatos desconhecido
  • Desafiando as contradições
  • Acusando
  • Técnicas utilizadas
    • Persuasão encadeada ou em bloco
    • Desestabilização emocional x dificuldade de raciocínio x resultados
    • Interrogatório cruzado
    • Questionamento sustentável perante negações
    • Como cientificar o interrogado das consequências advindas de seu comportamento x evidências apresentadas
    • x provocar admissão
  • Táticas utilizadas
    • Contaminação induzida x manipulação x problemática das falsas confissões
    • A fundamental e oportuna utilização de alavancas psicológicas x pontos sensíveis
    • Identificar e expor medos
    • A admissão/confissão como forma de amenizá-los
    • A firme postura acusatória, mas controlada, no tom de voz e sinais corporais x compensação motivadora à admissão/confissão
    • Simulação de evidências x abalo da confiança x admissão/confissão
    • Cigarro, café, chá e chimarrão x interrogatório
    • Jogos táticos para cada contexto
  • Comportamento do interrogador
    • Autoridade e controle x perfil de interrogado
    • Gerenciamento das emoções
    • Postura ética
    • Obtida a confissão o interrogatório continua
    • Explorando o momento psicológico
    • O momento de encerrar o interrogatório

4º dia 

  • Análise de vídeos de interrogatórios
  • Exercício prático de planejamento, execução e análise de veracidade em uma entrevista real protagonizada pelos participantes
  • Brainstorm e análise dos resultados
  • Exercício prático de planejamento, execução e análise de veracidade em uma entrevista e o subsequente interrogatório real protagonizado pelos participantes
  • Brainstorm e análise dos resultados
  • Teste final para avaliação do aprendizado dos participantes

Instrutor: Thompson Cardoso 

Palestrante renomado, com mais de 30 anos de experiência na área de Segurança e Inteligência; Ao longo de sua carreira, já realizou mais de 150 cursos relacionados aos temas Técnicas de Entrevista, Interrogatório e Detecção de Mentiras, com milhares de alunos formados; Engenheiro Civil/UFRGS, Pós Graduado na UNISINOS em Gestão Estratégica para Prevenção da Violência; Professor de Inteligência Policial da Academia Superior de Polícia Civil, Professor da Escola Superior de Administração Fazendária da Receita Federal, Professor do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do Ministério Público e Consultor em Veracidade e Inteligência Empresarial; Possui cursos realizados com FBI (Inteligência Policial), grupo SWAT de Los Angeles (Operações de Alto Risco), Dr. Ray Bull, Consultor da New Scotland Yard e maior autoridade da Europa em Entrevistas e Interrogatórios (Técnicas de Entrevistas de Suspeitos Para Detecção de Mentiras), e com Dr. Rui Mergulhão Mendes, CEO da Emotional Business Academy – Lisboa (Linguagem Não Verbal no Gerenciamento de Situações de Crise).

Este curso na modalidade In Company

Clique aqui para preencher o formulário de solicitação de proposta de curso In Company na sua empresa/ órgão.

Desenvolvido por Phidelis